As representações sociais da bebida alcoólica e suas consequências na sociedade expressas pela mídia impressa

Vander Monteiro da Conceição, Silvio Eder Dias da Silva, Jeferson Santos Araujo, Mary Elizabeth de Santana, Esleane Vilela Vasconcelos

Resumo


O estudo objetiva analisar os artigos produzidos pela mídia impressa sobre os efeitos da bebida alcoólica, publicados nas revistas Veja e IstoÉ, no período compreendido entre 2005 e 2010 e, a partir de então, caracterizar as representações sociais sobre a temática. O conteúdo para análise emergiu da seleção de matérias jornalísticas contidas em 67 reportagens. Configura-se como uma pesquisa documental associada ao fenômeno conceitual da Teoria das Representações Sociais. O estudo contribuiu para a compreensão do papel da mídia frente à sociedade leitora no combate aos problemas de saúde pública relacionada ao consumo excessivo de bebida alcoólica.

Descritores: Imprensa, Alcoolismo, Enfermagem Psiquiátrica.

Social representations of alcohol and its consequences in society expressed by the printed media

The study aims to analyze the articles produced by the print media on the effects of alcohol, published in magazines Veja and Isto É from 2005 to 2010 and from then to characterize the social representations on the subject. The content analysis emerged from the selection of news stories contained in 67 reports. It is configured itself as a documentary research associated to the conceptual phenomenon of Social Representations Theory. The study contributed to the understanding of the media’s role before readers in combating public health problems related to excessive consumption of alcohol.

Descriptors: Press, Alcoholism, Psychiatric Nursing.

Las representaciones sociales del alcohol y sus consecuencias en la sociedad expresada por los medios impresos

El estudio tiene como objetivo analizar los artículos producidos por los medios de comunicación impresos sobre los efectos del alcohol, publicados en revistas Veja® y Isto É® en el periodo 2005 a 2010 y desde entonces para caracterizar las representaciones sociales sobre el tema. El análisis de contenido surgido a partir de la selección de las noticias contenidas en 67 informes. Se configura como una investigación documental del fenómeno asociado a la teoría conceptual de las Representaciones Sociales. El estudio contribuyó a la comprensión del papel del lector ante la sociedad lectora en la lucha contra problemas de salud pública relacionados con el consumo excesivo de alcohol.

Descriptores: Press, El alcoholismo, Enfermería Psiquiátrica.

Referências


Miguel LF. Retrato de uma ausência: a mídia nos relatos da história política do Brasil. Rev Bras Hist. 2000;20(39).

Ronzani TM, Fernandes AGB, Gebara CFP, Oliveira AS, Scoralick NN, Lourenço LM. Mídia e drogas: análise documental da mídia escrita brasileira sobre o tema entre 1999 e 2003. Ciênc Saúde Coletiva. 2009;14(5).

Pinsky I, Pavarino FRV. A apologia do consumo de bebidas alcoólicas e da velocidade no trânsito no Brasil: considerações sobre a propaganda de dois problemas de saúde pública. Rev Psiquiatr Rio Gd Sul. 2007;29(1).

Figueiredo NMA. Método e metodologia na pesquisa científica. 2ª ed. São Paulo: Yendis; 2007.

Moscovici S. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar; 1978.

Bardim L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; 1977.

Burrone MS, Bueno SMV, Junior MLC, Enders J, Fernández RA, Vasters GP. Análisis de la frecuencia de experimentación y consumo de drogas de alumnos de escuelas de nivel medio. Rev Latinoam Enferm. 2010;18(Esp).

Guareschi PA. Os construtores de informação: meios de comunicação, ideologia e ética. Petrópolis: Vozes; 2000.

Moscovici S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes; 2009.

Silva SED, Padilha MICS, Santos LMS. A enfermagem estimulando o autocuidado de adolescentes a partir das representações sociais desses sobre as bebidas alcoólicas. Enferm Foco. 2011;2(3):160-3.

Bertoldo RB, Barbará A. Representação social do namoro: a intimidade na visão dos jovens. Psico-USF. 2006;11(2):229-37.

Teixeira MCTV, Nascimento-Schulze CMN, Camargo BV. Representações sociais sobre a saúde na velhice: um diagnóstico psicossocial na Rede Básica de Saúde. Estud Psicol. 2002;7(2).

Sá CP. Memória, imaginário e representações sociais. Rio de Janeiro: Museu da República; 2005.

Thompson JB. Ideologia e cultura moderna: teoria social e crítica na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis: Vozes; 1995.

Spink MJ, organizador. O conhecimento no cotidiano: as representações sociais na perspectiva da psicologia social. São Paulo:Brasiliense; 1995.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.