MOODLE NO PROCESSO EDUCACIONAL DE ENFERMAGEM: AVALIAÇÃO NA PERSPECTIVA DO ALUNADO

Ronaldo de Sousa Moreira Baia, Esleane Vilela Vasconcelos, Sílvio Éder Dias da Silva, Karina de Oliveira Freitas, Lucia Hisako Takase Gonçalves

Resumo


Objetivo: avaliar parte do ensino de graduação em enfermagem na modalidade de ensino à distância, adotando-se a plataforma MOODLE, Modular Object-Oriented Dynamics Learning Environment, e suas ferramentas. Metodologia: pesquisa ação, desenvolvida na disciplina de Enfermagem em Centro de Terapia Intensiva, utilizando 20% de sua carga horária na modalidade de ensino a distância, com a participação de 52 estudantes, e devida orientação do corpo discente e docente, com vistas a buscar prática educacional inovada. Resultados: avaliação quantiqualitativa resultou em significativa adequação do MOODLE no processo de ensino de enfermagem. Conclusão: da avaliação da perspectiva do alunado, infere-se que a adoção da plataforma MOODLE, como parte do ensino da enfermagem, representa prática inovada e benéfica, propondo-se seu uso nas disciplinas, em 20% da carga horária de educação a distância.

Descritores: Enfermagem, Educação a Distância, Bacharelado em Enfermagem, Avaliação Educacional.

MOODLE IN THE EDUCATIONAL PROCESS OF NURSING: EVALUATION FROM THE STUDENTS’ PERSPECTIVE

Objective: to evaluate part of the teaching in nursing undergraduate in distance learning modality adopting the MOODLE platform -Modular Object-Oriented Dynamics Learning Environment and its tools. Methodology: action research developed in the Nursing subject at the Intensive Care Center, using 20% of the workload in distance teaching mode, with the participation of 52 students, and adequate orientation of students and faculty regarding an innovative educational practice. Results: quantitative-qualitative assessment that led to a significant adequacy of MOODLE in the nursing teaching process. Conclusion: From the evaluation of the students’ perspective, it is possible to deduce that the adoption of MOODLE platform as part of the nursing teaching represents an innovative and beneficial practice, proposing its use in nursing subjects and 20% of distance learning education hours.

Descriptors: Nursing, Distance Education, Bachelor in Nursing, Educational Evaluation.

MOODLE EN EL PROCESO EDUCACIONAL DE LA ENFERMERÍA: EVALUACIÓN EN LA PERSPECTIVA DEL ALUMNADO

Objetivo: evaluar parte de la enseñanza de la graduación en enfermería en la modalidad de enseñanza a distancia adoptándose la plataforma MOODLE, Modular Object-Oriented Dynamics Learning Environment, y sus herramientas. Metodología: investigación -acción desarrollada en la disciplina de Enfermería en el Centro de Terapia Intensiva, utilizando 20% de su carga horaria en la modalidad de enseñanza a distancia, con la participación de 52 estudiantes y la debida orientación del cuerpo dicente y docente, con el objetivo de buscar una práctica educacional innovada. Resultados: evaluación cuantitativa-cualitativa que resultó en una significativa adecuación del MOODLE en el proceso de enseñanza de la enfermería. Conclusión: De la evaluación de la perspectiva del alumnado se infiere que la adopción de la plataforma MOODLE, como parte de la enseñanza de la enfermería, representa una práctica innovada y benéfica. La misma se propone para su uso en las disciplinas de enfermería, en 20% de la carga horaria de la educación a distancia.

Descriptores: Enfermeria, Educación a Distancia, Licenciatura en Enfermería, Evaluación Educacional.

Texto completo:

PDF

Referências


Franco CP. A Plataforma Moodle como Alternativa para uma Educação Flexível. Rev EducaOnline. [Internet] 2010 [acesso em 2017 jan 18]; 4(1). Disponível em: http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=educaonline&page=article&op=view&path%5B%5D=97.

Souza APL, Silva DCS, Matos KC. A importância da utilização de ferramentas do MOODLE na educação à distância. Revista EDaPECI São Cristóvão (SE), 2015 set/dez; 15(3):656-69.

Prado C, Casteli COM, Lopes TO. The virtual environment of a research group: the tutors perspective. Rev Bras Enferm USP. 2012;46(1):246-51. .

; Avelino CCV, Borges FR, Inagaki CM, Nery MA, Goyata SLT. Desenvolvimento de um curso no Ambiente Virtual de Aprendizagem sobre a CIPE. Acta Paul Enferm. 2016; 29(1):69-76. DOI http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201600010

Alves ED, Ribeiro LSN, Guimaraes DCSM, Costa CMA, Peixoto HM, Martins EF et al. MOODLE -folio para o ensino em saúde e enfermagem: avaliação do processo educacional. Rev Eletr Enf [Internet]. 2012 [acesso 2015 set 20];14(3):473-82. Disponível em: http://www.fen.ufg.br/revista/v14/n3/v14n3a03.htm.

Nespoli G. Os domínios da Tecnologia Educacional no campo da Saúde. Interface (Botucatu). 2013 out/dez;17(47):873-84.

Costa PB, Prado C, Oliveira LFT, Peres HHC, Massarollo MCKB, Fernandes MFP et al. Fluência digital e uso de ambientes virtuais: caracterização de alunos de enfermagem. Rev Esc Enferm USP [online]. 2011 [acesso 2015 set 20];45(esp):1589-94. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v45nspe/v45nspea08.pdf.

Mallmann EM. Pesquisa-ação educacional: preocupação temática, análise e interpretação. Cadernos de Pesquisa. 2015; 45(155):76-98.

Peixoto HM. Avaliação de disciplinas semipresenciais de graduação e pós-graduação na área de promoção da Saúde na Universidade de Brasília [dissertação]. Brasília (DF): Universidade de Brasília; 2012.

Crivelaro LP, Garbin MC, Gallana LMR, Gambaro B, Pereira NR. O comportamento do aluno em um curso a distância dentro do ambiente MOODLE: contrapontos entre a ótica inicial e seu uso atual. In: Amaral SF, Souza MIF, Garbin MC. Ambientes virtuais de ensino-aprendizagem. Campinas (SP): FE/UNICAMP; 2010.

Lara EMO, Lima MFR, Mendes JDT, Lima VV, Petta HL. A arte de facilitar em um curso de especialização: tecendo com os fios das metodologias ativas. Rev Espac Saude. 2014; 15(1):870-1.

Nespoli G. Os domínios da Tecnologia Educacional no campo da Saúde. Interface (Botucatu). 2013 out/dez;17(47):873-84.

Cardoso PMO. O processo de interação na educação a distância na perspectiva do e-TEC Sergipe. In: VI Colóquio Internacional “Educação e Contemporaneidade”: [Internet]. Anais, 20 a 22 de setembro de 2012 [acesso 2015 set 20]; São Cristóvão (SE); 2012. p. 1-8. Disponível em: http://educonse.com.br/2012/eixo_08/PDF/63.pdf.

Grossi TH. O MOODLE como ferramenta de apoio ao ensino presencial em uma escola particular de ensino médio [dissertação]. Lavras (MG): Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais; 2014.

Costa PB, Prado C, Oliveira LFT, Peres HHC, Massarollo MCKB, Fernandes MFP et al. Fluência digital e uso de ambientes virtuais: caracterização de alunos de enfermagem. Rev Esc Enferm USP [online]. 2011 [acesso 2015 set 20];45(esp):1589-94. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v45nspe/v45nspea08.pdf.

Alves ED. Ranços e avanços na utilização da internet para o ensino superior de enfermagem no Brasil. Rev Panam Enfermería, 2004; 2(1):14-23.

Lillis S, Gibbons V, Lawrenson R. The experience of final year medical students undertaking a general practice run with a distance education component. Rural Remote Health. 2010;10(1):1268 [12-20].

DeDomenico EBL, Cohrs CR. Plataforma MOODLE na construção do conhecimento em Terapia Intensiva: estudo experimental. Acta Paul Enferm. 2016; 29(4):381-9.




DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2017.v8.n2.1014

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Eletrônico ISSN: 2357-707X

Impresso ISSN: 2177-4285

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.